Verdades inconvenientes que a esquerda não encara

0
53

Ex-vice-presidente dos Estados Unidos e candidato derrotado em 2000, Al Gore teve um documentário de grande repercussão chamado “Verdades Inconvenientes”. É uma expressão adequada a esquerda brasileira. Não fiquei espantado com os resultados das eleições tanto no primeiro turno como segundo.

Todos apontam uma guinada conservadora no eleitorado. Ledo engano. Por que? Tentarei explicar de maneira didática e sem presssa:

1- O eleitorado brasileiro é conservador. Vamos parar com ilusões. Apesar dos 13 anos de Lula e Dilma no Planalto, o brasileiro médio apega-se a questões morais para decidir seu voto e também para apreciar determinado governante. Ou alguém esquece o vídeo da ex-namorada de Lula acusando-lhe de pedir que abortasse sua filha. Por que fez isso? Simples: por que o brasileiro médio é contra o aborto. Assim como tem resistência a homossexuais, aceita de modo passivo atos racistas e acredita na meritocracia. Ponto. Era assim em 1500, 1900, 1989, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010, 2014 e assim será. A esquerda precisa aceitar esta realidade. E lidar com ela. Então vem a pergunta: então como o PT governou o Brasil por 13 anos. A resposta vem no ponto seguinte.

2- Lula é lider popular, queiram seus detratores ou não. Tal constatação não impede de se verificar o seguinte: sua vitória em 2002 foi auxiliada por uma série de fatos. O candidato natural do PSDB não era José Serra e sim Mário Covas, vitimado fatalmente por um câncer em 2001. Automaticamente, a direita ficou sem um candidato de grande identificação. Lula também recebeu uma “ajuda” do Planalto: o segundo governo FHC foi péssimo, horrorroso. Apagão no setor elétrico, desemprego nas alturas, reservas cambiais lá embaixo…Sem contar que os outros candidatos não tinham musculatura suficiente…Garotinho era um governador agarrado ao proselitismo da Igreja Evangélica; Ciro Gomes, ainda sem projeção nacional, parecia um tucano frustrado e José Serra…Bem, esse não transmitia qualquer simpatia. Existiam os eleitores convictos de Lula. Só que muitos votaram nele como quem agarra um pedaçõ de pau com formigo ou um fio desencapado. Ou era ele ou o caos…

3- Mesmo para ser aceito, Lula precisou fazer concessões á direita, como a Carta aos Brasileiros e nunca mexer em assuntos espinhosos como a legislação direcionada aos meios de comunicação e a questão do abordo, juramento também abordado por Dilma. Ou seja, para sentar na cadeira do Planalto um governo de esquerda precisou parecer de direita. Senão, o final seria triste. Como foi com Jango em 1964 e de certa maneira com Dilma em 2016.

4- As pessoas no Brasil não tem memória. Ignoram os fatos. Digo isso porque chego a conclusão que Lula foi aturado por boa parte da sociedade e nunca foi aceito. Vou além: se não existisse qualquer denúncia de corrupção contra ele, nada, absolutamente, a resistência prevaleceria. Algo sofrido por Brizola durante toda sua existência. E até por Lula. Em 1989, 1994 e 1998, não existiam denúncias contra Lula mas ele era recusado por ser aliado de Cuba. Por que? Por que os seus adversários sabem que o brasileiro médio tem horror ao regime cubano e ao socialismo.

5- Se o PT pagou o preço por seus erros e de dirigentes a frente de atos de corrupção, também é verdade que algumas bandeiras incomodam o brasileiro médio. Exemplo claro: apesar de simbólico, o Planalto teve por 13 anos uma Secretaria de Igualdade Racial. Algo que forçava o debate do racismo nas escolas. Faça uma pesquisa com lupa: quais partidos do espectro conservador tem idêntica preocupação? Conheço poucos, pouquissimos.

Ao fazer toda esta retrospectiva chego a uma conclusão: PT, Lula e suas lideranças mudaram tanto, tanto, tanto que muitos (não todos) perderam sua identidade ideológica e se meteram em processos viciados com a meta de serem aceitos. E o eleitor médio? Esse não mudou nada. Depois de ser salvo pode tocar sua vida e defender suas ideias sem pudor ou receio. E votar em quem quiser. Desde que aceite o seu ideário conservador.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here