Veja por que o futebol brasileiro está a beira da falência

0
27

Estamos às vésperas do início da Copa do Mundo e de modo inconsciente deixamos de lado os problemas e dramas do futebol brasileiro. Não deveríamos. O blogueiro obteve informações que demonstram de modo cabal o estado pré-falimentar dos clubes nacionais nas Séries A e B.

Para se ter uma ideia do caos, atualmente apenas o Joinville está com seus salários em ordem e já encaminhou ao elenco o aviso de que terá problemas de caixa no segundo semestre. Ou seja, vem atraso de salário na agenda, algo já presente nos outros 19 clubes participantes da Série B. Detalhe: todos eles recebem mensalmente, no mínimo, R$ 270 mil mensais por direitos de transmissão e estão inseridos em uma competição com presença na tv aberta, fechada e no pay per view. Ou seja, possibilidade de obter recursos e pagar salário que, na maior parte dos casos, é de no máximo R$ 100 mil mensais. Nem assim.

Na divisão de elite, o quadro é ainda pior. Goiás, Criciúma e Sport são os únicos clubes em dia com os salários dos atrasos e nos outros participantes, incluindo os gigantes, existem casos de até três meses de salário. Pense: Flamengo e Corinthians possuem cotas de televisão de R$ 100 milhões e mesmo assim ficam  em débito com os atletas.

Após verificar todos esses dados, a pergunta é latente: o que falta para os dirigentes encerrarem essa corrida insana por salários milionários e deixam os clubes a beira da falência? Que a Copa do Mundo sirva como período de reflexão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here