Treinadores embolsam milhões. O que futebol brasileiro ganha com isso???

0
16

Responsável por estudos interessantes para o mundo do futebol, a Pluri Consultoria divulgou nesta terça feira a relação dos técnicos mais bem pagos do país. O líder do ranking é o atual campeão brasileiro Abel Braga, com rendimento anual acima dos R$ 9 milhões. O pódio é completado por Muricy Ramalho, Tite e Wanderley Luxemburgo, todos com rendimentos na casa de R$ 7,8 milhões.

Espantoso e inacreditável é constatar que o Brasil emplacou no estudo cinco dos 30 treinadores mais bem pagos do planeta terra. Sim, porque Dorival Junior embolsa R$ 5,85 milhões anualmente por seu trabalho.

A pergunta que não quer calar é apenas uma: vale a pena investir tanto dinheiro em uma única pessoa? Em sua defesa, os treinadores argumentam que o futebol brasileiro movimenta muito dinheiro e a pressão exercida por dirigentes e torcedores em busca de resultado é quase insuportável.

No entanto, é preciso checar o reverso da medalha. Pegue pela memória e verifique nos últimos anos que treinador brasileiro foi responsável por alguma revolução tática relevante ou estratégia que deixou os adversários de boca aberta? Vou mais longe: mesmo na conquista dos títulos mundiais por parte dos times brasileiros, eles mostraram uma variedade de jogadas capaz de desnortear o adversário, assim como faz Pepe Guardiola?

Em resumo: os treinadores não merecem ganhar miséria. É lógica a necessidade de remunerar bem diante de uma atividade de tamanha responsabilidade. Dá  para cortar uma bela gordura do contra cheque de cada um.

 Veja a lista completa:

 

Abel Braga (Fluminense) R$ 700 mil mensais – R$ 9,1 milhões anuais

Luxemburgo (Grêmio) R$ 600 mil mensais – R$ 7,8 milhões anuais

Muricy (Santos) R$ 600 mil mensais – R$ 7,8 milhões anuais

Tite (Corinthians) R$ 600 mil mensais – R$ 7,8 milhões anuais

Dorival Junior (Flamengo) R$ 450 mil mensais – R$ 5,85 milhões anuais

Oswaldo de Oliveira (Botafogo) R$ 380 mil mensais – R$ 4,94 milhões anuais

Cuca (Atlético-MG) R$ 350 mil mensais – R$ 4,55 milhões anuais

Celso Roth (Cruzeiro) R$ 300 mil mensais – R$ 3,9 milhões anuais

Gilson Kleina (Palmeiras) R$ 300 mil mensais – R$ 3,9 milhões anuais

Ney Franco (São Paulo) R$ 300 mil mensais – R$ 3,9 milhões anuais

SHARE
Previous articleRoger fará falta na Ponte Preta?
Next articleCrise bugrina alerta mídia nacional. Como aproveitar?
Elias Aredes Junior é jornalista, radicado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Trabalha como repórter esportivo para o Jornal Todo Dia de Americana e também como comentarista esportivo para a Radio Central AM de Campinas, 870 KHz. Diariamente participa dos comentários na programação esportiva entre as 18:00 e 20:00, além de comentar jogos de futebol nas transmissões ao vivo da emissora. Aqui ele fala sobre tudo, futebol, esporte, política, religião, entretenimento, cultura, culinária, tudo isso sempre com seu olhar crítico e independente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here