Suspensão do Prêmio Esso e uma reflexão sobre o jornalismo brasileiro

0
55

O mundo do jornalismo foi abalado nesta quarta-feira com a suspensão do Prêmio ExxonMobil –o antigo Prêmio Esso–, considerado o mais importante da área.

De acordo com nota enviada, a empresa afirmou que fará pausa para reavaliar o formato da premiação de modo a “contemplar tanto as tradicionais quanto as novas formas em que a atividade vem sendo exercida no país”, disse a nota.

A nota afirma ainda que “estima-se que [em 60 anos] mais de 33 mil trabalhos jornalísticos tenham sido avaliados pelas comissões de julgamento, premiando mais de mil trabalhos gráficos, reportagens e fotografias, laureando os melhores profissionais da imprensa brasileira”, diz trecho da nota.

A notícia deve ser analisada sobre dois ângulos. A paralisação pode ser creditada a crise econômica? Pode. Mas também é chance de avaliar as plataformas utilizadas para difusão de notícias e reportagens.

No inicio da década de 1990, bastava ao profissional dominar televisão, rádio, jornal ou revista. A internet mudou tudo. A tecnologia abriu uma gama de possibilidades que afeta também o parâmetro de avaliação. Sim, porque determinado material pode ser encaixado nos veículos impressos e perder o padrão de qualidade no meio digital. Então, como premiar? De que forma?

A suspensão do prêmio, porém, deveria suscitar uma reflexão em todos os jornalistas: tivemos reportagens nos últimos 12 meses que justifiquem uma celebração? Nós, jornalistas, estamos exercendo na plenitude as nossas obrigações de influenciar e esclarecer a opinião pública?A sociedade brasileira está toda satisfeita com os serviços prestados por nós, seja qual for o veiculo de comunicação?

Não é momento de celebração ou de caça às bruxas e sim de reflexão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here