Santos: uma geração que já está na história

0
14

O futebol é o único esporte que vai da
loucura a depressão em questão de minutos. Os times que entram para a história
mobilizam torcedores e ganham foco no primeiro tropeço. Digo porque ainda estou
impactado por presenciar ao vivo o futebol de Neymar e Ganso e penso que é
preciso deixar alguns pontos claros antes da bola rolar pela Copa Libertadores
de América.

Muito simples: o Santos é hiper
favorito diante do Bolivar especialmente porque está embalado pela vitória por
3 a 0 sobre o Guarani. Os jogadores exibem ainda um nítido espirito de vingança
depois das represálias sofridas no jogo de ida em La Paz.

O quadro positivo não deve servir para
desprezar as armas do oponente. Não custa lembrar que basta apenas um gol do
Bolívar para o Santos encontrar-se na obrigação de cravar três gols. Não é
missão impossível para quem conta com poder de fogo do gabarito que é
trabalhado por Muricy Ramalho.

Um tropeço pode acontecer? Lógico que
sim! Os detratores de Neymar vão delirar. Só que este imprevisto não poderá
servir para apagar tudo que essa atual geração fez pelo Santos e futebol
brasileiro. Quem já ganhou duas vezes o Paulista, uma Copa do Brasil e a
Libertadores já está na história. Para a alegria do futebol.

SHARE
Previous articleComo é duro ser caipira em São Paulo!?
Next articleCopa do Mundo: onde está a sociedade brasileira?
Elias Aredes Junior é jornalista, radicado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Trabalha como repórter esportivo para o Jornal Todo Dia de Americana e também como comentarista esportivo para a Radio Central AM de Campinas, 870 KHz. Diariamente participa dos comentários na programação esportiva entre as 18:00 e 20:00, além de comentar jogos de futebol nas transmissões ao vivo da emissora. Aqui ele fala sobre tudo, futebol, esporte, política, religião, entretenimento, cultura, culinária, tudo isso sempre com seu olhar crítico e independente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here