Real Madrid x Barcelona é muito bom, mas prefiro o tempero dos clássicos brasileiros

0
17

Os jornais brasileiros concedem destaque ao clássico entre Real Madrid e Barcelona. Duas equipes com constelação de craques. Muitos consideram como o principal programa de domingo. Lógico, a colaboração dos campeonatos estaduais com seus jogos insossos dá uma bela contribuição.

O gramado do Santiago Bernabeu estará cheio de craques: Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo, Xavi, Xabi Alonso, Di Maria, Marcelo, Benzema, entre outros menos cotados. Em termos de futebol, não há como negar, é um belíssimo programa. No entanto, acompanho essa partida como se estivesse defronte a um amistoso internacional da Seleção Brasileira ou um duelo de Copa do Mundo entre Alemanha x França, por exemplo.

Por mais que o cronista ou torcedor comum estude, saiba que a história política espanhola tem muito a ver com o acirramento da rivalidade, tal fato é algo inerente apenas e tão somente ao povo espanhol. Só o habitante da cidade de Barcelona tem o conhecimento total de como foram os anos do ditador Franco e a perseguição a região da Catalunha.

Só eles têm a dimensão exata de como o Real Madrid foi beneficiado com as benesses do Estado. Só o torcedor do Real Madrid tem a dimensão histórica da contratação de Alfredo Di Stefano, na época quase adquirido pelo Barcelona e que na última hora decidiu desembarcar na capital espanhola. Ou seja, o jogo pode ter amplitude internacional, mas a rivalidade continua sendo local.

Queiramos ou não, o melhor é desgustarmos um Corinthians x Palmeiras, Flamengo x Vasco, Atlético-MG x Cruzeiro, Guarani x Ponte Preta ou até um Comercial x Botafogo. Nesses jogos, nós, torcedores brasileiros, sabemos exatamente aquilo que está em jogo. E não é pouco.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here