Políticos não têm zelo pela própria imagem. Não há mais segredos…

0
33

Políticos reclamam da perseguição implacável da imprensa e dos eleitores. Não aceitam a indisposição das pessoas de enxergarem os benefícios dirigidos a população e que são gerados a partir dos parlamentos e dos gabinetes do poder executivo. Segundo um levantamento feito neste ano pela Datafolha a pedido da Ordem dos Advogados do Brasil, apenas 7% dos entrevistados confiam nos partidos políticos enquanto que 91% não vislumbram credibilidade. Quando o foco está sobre o Congresso Nacional, o panorama não muda. A taxa de desconfiança está em 82% e a de confiança é de 15%.

Como esses patamares certamente não sofreram qualquer alteração, é de se presumir uma mudança de atitude para inverter o quadro. O que vemos é o sentido contrário.

Nesta semana, o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin decretou sigilo nos documentos do Metrô, Sabesp e PM. Horas depois, a decisão foi alterada e de acordo com o portal G1 Alckmin revogou o sigilo de informações estaduais e determina que apenas o próprio governador, o vice, secretários de estado e procuradores poderão decidir, no futuro, sobre novas restrições.

Para completar, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad determinou o sigilo de imagens da Guarda Civil, responsáveis pelo monitoramento das ruas.

Com estes fatos, a conclusão é fácil: os políticos pouco se importam com a própria imagem.  

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here