O Guarani tem jeito?

0
13

O torcedor do Guarani tem toda a razão de encontrar-se preocupado. Derrota por 3 a 2 para o ASA (AL) e estadia na zona do rebaixamento não é algo que agrade ninguém. Estamos na 12ª rodada e o time bugrino até o momento não mostra qualquer evolução ou perspectiva de que vai melhorar. Na partida de sexta-feira, diga-se de passagem, apresentou muita raça e determinação na busca do resultado. O problema é que no meio-campo encontram-se problemas de posicionamento que parecem insolúveis.

Para piorar a situação, Giba comete erros em substituições. Nada a contestar a saída do meia Felipe, que alegou cansaço. No entanto, até agora não entende-se a entrada de Geilson, jogador desprovido de raça e espirito de superação. Lamentável.

Agora, o que fazer? Novas contratações? Mudança de técnico.

Ao acompanhar o futebol há tempos, penso que é necessária uma mudança de postura de todos, especialmente da diretoria, vacilante ao lutar pelos direitos do Guarani. Percebam, por exemplo, como árbitros novatos são escalados nos jogos do alviverde. O que expõe a erros ou decisões polêmicas, como na partida de Arapiraca.

Dessa vez, não há saída: o Guarani precisa vencer o Duque de Caxias, na terça. Caso contrário, uma nova mudança de comissão técnica será processada e a reação não passará de ato de desespero. Em tempo: a venda do Brinco de Ouro neste instante encontra-se em segundo plano. A prioridade é evitar uma desastrosa queda para a terceirona.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here