O Brasil pode virar Espanha?

0
13

Reportagem do jornal Lance! neste sábado exibe em cores claras o colapso do futebol espanhol. Equipes decretam falências, times vitoriosos no passado como La Coruna não sabem como fechar as contas enquanto que Real Madrid e Barcelona nadam no dinheiro. Enquanto a dupla fatura aproximadamente mais de R$ 440 milhões em direitos de televisão, o Atlético de Madrid que poderia ser uma potência mais incomôda fatura R$ 150 milhões.

A pergunta que fica é a seguinte: o Brasil corre o risco de sofrer o mesmo fenômeno. Afinal, Flamengo e Corinthians recebem a maioria dos recursos e os responsáveis pelas emissoras de televisão dizem que não há o que fazer diante dos altos índices de audiência produzidos pelos dois clubes.

Por enquanto, a ameaça está afastada em virtude de alguns trunfos desenvolvidos pelos concorrentes de corinthianos e flamenguistas. O Internacional (RS), por exemplo, conta com 115 mil e seus recursos são fundamentais para pagar boa parte da folha de pagamento.

No Cruzeiro e no Atlético Mineiro, por exemplo, a criatividade e a associação com empresários e fundos de investimentos transformou as equipes com alto grau de competitividade. No Fluminense, o patrocinador por enquanto está bancando todos os investimentos. Se a continuidade será constante, só o destino irá dizer…

Por enquanto, o Brasil faz de tudo para não virar Espanha. Mas é preciso ficar atento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here