Mano Menezes achou um caminho?

0
13

No futebol, é vital construir uma equipe bem preparada tecnicamente e emocionalmente. Capaz de superar obstáculos e de quebra saber ouvir aquilo que seu comandante tem a dizer. A vitória por 4 a 1 da Seleção Brasileira sobre os EUA mostrou que o técnico Mano Menezes deveria apostar em uma nova linha de trabalho e utilizar as Olimpíadas como largada.

Esqueça o nível técnico do adversário. Que diga-se de passagem, melhorou demais nos últimos anos. Mas durante os 90 minutos, era nítido o esforço dos garotos em querer executar tudo aquilo que Mano treinou.

A marcação sob pressão só deu certo porque existiu entrega dos atletas. Ninguém fez corpo mole ou posou de prima dona. Mesmo jogadores veteranos inseridos, como o lateral-esquerdo Marcelo e o zagueiro Thiago Silva ficaram cercados diante da volúpia apresentada por seus companheiros.

Agora, pegue e verifique o confronto do ano passado, entre Brasil e Paraguai e que selou a saída da Copa América no dia 17 de julho do ano passado. Recorde a escalação: Julio César; Maicon, Lúcio, Thiago Silva  e André Santos; Lucas Leiva, Ramires e Paulo Henrique Ganso (Lucas); Robinho, Neymar (Fred) e Alexandre Pato (Elano).

Nada contra, mas a maioria do time titular era formada por jogadores rodados, experientes e que já não tem qualquer ambição com o futebol e nem com a Seleção Brasileira. Neymar é craque, espetacular, mas não tem qualquer titulo de expressão. Ou seja, tem sede de jogar em alto nível.
Existem riscos ao apostar em um time inexperiente? Com certeza, e a própria história das Copas mostra tal aspecto. Mas é preciso arriscar. Mano Menezes faz uma gestão medíocre na Seleção Brasileira. Não pode desperdiçar a chance de se reabilitar.

SHARE
Previous articleO que acontece com o Guarani?
Next articleA Copa do Mundo vai revelar o Brasil aos brasileiros…
Elias Aredes Junior é jornalista, radicado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Trabalha como repórter esportivo para o Jornal Todo Dia de Americana e também como comentarista esportivo para a Radio Central AM de Campinas, 870 KHz. Diariamente participa dos comentários na programação esportiva entre as 18:00 e 20:00, além de comentar jogos de futebol nas transmissões ao vivo da emissora. Aqui ele fala sobre tudo, futebol, esporte, política, religião, entretenimento, cultura, culinária, tudo isso sempre com seu olhar crítico e independente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here