Guarani vence e escapa da zona do rebaixamento. Mas o trabalho só começou!!!

0
7

Foi na base do sufoco e da força física e com uma pitada de habilidade, mas o Guarani venceu o São Caetano por 1 a 0 e saiu da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Mostrou um futebol veloz, envolvente e criativo em boa parte dos 90 minutos. Pode almejar terminar o primeiro turno em uma colocação digna e quem sabe no segundo turno apresentar um desempenho que honre a sua tradição de clube centenário.

Mas nem tudo está perfeito. O Guarani ainda precisa buscar acertar alguns problemas de posicionamento e de concepção de jogo. Exemplo clássico: apesar da melhoria notável em termos técnicos, é claro e cristalino que o meia Felipe não consegue apresentar um rendimento uniforme os 90 minutos. Pura questão física. De quebra, Giba continua fazendo alterações, no mínimo, esquisitas.

Exemplo disso foi no segundo tempo, quando acertamente colocou Carlinhos para deslocar Lusmar ao sistema de marcação de meio-campo. Mas ao invés de tirar o armador Felipe, extenuado, ele preferiu tirar Dadá, que exercia com eficiência o papel de volante ofensivo, sempre pronto a executar uma jogada de chegada e de força física. O time perdeu espaço no meio-campo e só não tomou o gol graças a incompetência do Azulão nas conclusões.

Giba precisa usar esses 10 dias antes do confronto com o Icasa para encontrar algumas variações de jogadas. Não dá para depender apenas da velocidade de Fabinho e da voluntariedade de Ancelmo. ´Por enquanto, o Guarani não transparece possuir uma jogada de bola parada em escanteio e quando faltas são cometidas nas imediações da área. Venceu nesta terça-feira graças ao esforço e a tenacidade de Fernandão. Mas a conquista dos três pontos não podem tirar de vista o essencial: ainda existe muito a ser construído em um time que comemorou o centenário, o acesso á divisão de elite estadual, mas ainda lambe suas feridas devido aos traumas gerados por rebaixamentos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here