Guarani na Série A-2 de 2016: acabou o discurso. A prática precisa entrar em campo

0
27

Quando a margem de erro era razoável, o Guarani abusou e acumulou frustrações nas Séries A-2 e na terceirona nacional desde 2012. Pois a reunião do Conselho Arbitral da competição regional nesta segunda-feira na Federação Paulista de Futebol mostrou que o cenário mudou. Ou faz uma campanha perfeita ou amargará nova decepção.

Pelo cronograma aprovado, a competição terá 19 rodadas e em formato de pontos corridos e com a missão de selecionar os oito primeiros colocados. Os escolhidos no gramado disputarão as quartas de final e que acontecerá no sistema de ida e volta, mesma metodologia das semifinais, responsáveis por escolher os dois que vão fazer parte da Série A-1 em 2017. Será proibido exacerbar na incompetência, pois seis times vão cair para a Série A-3. Como compensação, a Federação Paulista de Futebol acena com a possibilidade de incremento das cotas de televisão. A perspectiva é que o Guarani receba R$ 600 mil pela disputa da competição.

Ficou díficil? Não há dúvida. O Guarani terá concorrentes? Muitos. Só que desejo chamar a atenção para o aspecto positivo da medida. Por bem ou por mal, o Guarani terá que se profissionalizar. Deverá montar um elenco calcado para a competição e com estreita margem de erro. Serão 25 jogadores e três goleiros, sem possibilidade de troca. A diretoria não poderá alegar de que é missão impossível. Não podemos esquecer de que Beto Zini conduziu o Alviverde a um acesso no Brasileirão em 1991 após passar na semifinal contra o Coritiba. E eram duas vagas disponíveis.

Nos últimos anos, não só Horley Senna como Álvaro Negrão, Marcelo Mingone e Leonel Martins de Oliveira sempre alardearam a questão financeira como entrave para a formação de times mais competitivos. Chegar a final de um Paulistão ou obter um acesso era eleito como façanha reservada aos heróis.

O cenário mudou. As dívidas trabalhistas estão sendo pagas e existe uma verba razoável para a montagem do time. Ou seja, acabou a era do discurso no Guarani. É hora da prática e da obtenção de resultados. Caso contrário, será decepção dobrada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here