Guarani: é hora de olhar no espelho…

0
12

O Guarani perdeu do Goiás. A atitude obvia é jogar a culpa no zagueiro Rodrigo Arroz, autor de gol contra incrível. Mas é uma analise pueril, quase simplista. O que acontece no gramado é apenas reflexo de atitudes e fatos desastrados.

Talvez o principal problema seja a falta de humildade. Não, o colunista não acha que o elenco do Guarani é arrogante. Pelo contrário. São pessoas sensatas, batalhadores e de fácil convivência, algo raro no meio do futebol.

Só que também é necessária humildade para admitir erros. Faça uma pesquisa em jornais e sites e verá que em 11 rodadas, tanto jogadores como dirigentes e integrantes da comissão técnica tem dificuldade em admitir que produzem abaixo do esperado.

O time, para eles, nunca joga mal. Uma hora são falhas de arbitragem. Em outra, a falta de sorte nas conclusões. Em outro cenário, a culpa dos torcedores e da imprensa que não conseguem vislumbrar as características do jogo disputado.

No gramado, os jogadores correm e mostram 100% do seu potencial. O problema é que na Série B 100% é pouco. É preciso transpirar, pulsar, usar a força física e a garra para buscar o resultado. Em 11 jogos, tais características apareceram apenas na vitória sobre o Ipatinga. E só.

É hora de cair na real: o acesso virou pó. Para operar o milagre de retomar a busca pela ponta da tabela é simples. Não é preciso caça às bruxas. Basta dizer que o elenco tem limitações, rende aquém do esperado e que o foco será retomar a boa fase na base da raça e dedicação. Técnica e habilidade? Tudo isso em segundo plano. É pedir muito? (Crédito da Foto: Rodrigo Villalba)

SHARE
Previous articleDatafolha coloca os evangélicos no devido lugar. Que bom…
Next articleOlimpíada na Rede Globo? Nada a ver!
Elias Aredes Junior é jornalista, radicado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Trabalha como repórter esportivo para o Jornal Todo Dia de Americana e também como comentarista esportivo para a Radio Central AM de Campinas, 870 KHz. Diariamente participa dos comentários na programação esportiva entre as 18:00 e 20:00, além de comentar jogos de futebol nas transmissões ao vivo da emissora. Aqui ele fala sobre tudo, futebol, esporte, política, religião, entretenimento, cultura, culinária, tudo isso sempre com seu olhar crítico e independente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here