Fórmula 1 fora da Rede Globo? A prova de que brasileiro não gosta de esporte e sim de vencer

1
17

Este blog nunca comentou sobre Fórmula 1. Não é especialista. Mas não poderia deixar de abordar a noticia que foi divulgada pelo site da Revista Quatro Rodas que anuncia que a partir de 2015, o campeonato será transmitido apenas pelo Canal a Cabo Sportv. Nada de Rede Globo ou qualquer emissora de televisão aberta, apesar do contrato encerrar-se em 2020. Por enquanto, a emissora não divulgou qualquer nota sobre o tema. Não será nenhuma surpresa caso venha a ser confirmada.

Só a especulação porém, dá para deduzir algo cruel: o Brasileiro não gosta de esporte. Nem de futebol. Brasileiro gosta de ganhar. Em qualquer modalidade. Acompanhar por diversão está fora de cogitação.

Um país com cultura esportiva tem uma postura diferente e isso se reflete nos meios de comunicações.

Veja os Estados Unidos. São criticados por diversas atitudes (com razão!), mas sua cultura esportiva é notória. Beisebol, basquete e futebol americano monopolizam as atenções durante a temporada e as transmissões são disputadas a tapa pelas emissoras abertas e fechadas. Ás vezes, equipes médias e pequenas ganham as principais competições dos principais esportes e nada acontece.

Veja o Brasil. Por 25 anos, o país teve três campeões fenomenais: Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna. Enquanto o tema da vitória era executado nas manhãs de domingo, os índices de audiência eram enormes. Com a morte do mito Senna e as campanhas medianas de Rubens Barrichello e de Felipe Massa no “circo”, o interesse diminuiu. Ué, mas o brasileiro não gosta de automobilismo. Quem gosta na boa fase também admira no tempo de seca. Pena, a regra não vale por aqui. Solução: adquirir um serviço de TV por assinatura.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here