Final da Copa Libertadores e a hipocrisia do futebol brasileiro

julho 15th, 2016 | by Admin
Final da Copa Libertadores e a hipocrisia do futebol brasileiro
Futebol Nacional
1

Independente Del Valle está na final da Copa Libertadores. Seu técnico está no clube há quatro anos. Repito: quatro anos!

O outro finalista é o Atlético Nacional da Colômbia. Reinaldo Rueda está no clube desde 2015 e deu continuidade ao trabalho de Juan Carlos Osório, cujo trabalho foi iniciado em…2012!

Pergunto: qual clube de grande ou de médio porte no Brasil concede tempo para que o trabalho produza esses frutos? Tire o Corinthians da lista porque é um caso á parte…Mas e os outros?

Palmeiras? Flamengo? Atlético Paranaense? Coritiba? Ponte Preta? Sport? Santa Cruz? Botafogo? Internacional? Grêmio?

Ora, vamos parar de hipocrisia. Ninguém no Brasil tem tempo de solidificar um trabalho porque na primeira derrota a torcida pede a saída do treinador, a imprensa já começa a pensar no substituto e os dirigentes, de qualquer clube, tentam encontrar uma maneira de livrarem a cara.

Como não há profissionalismo, o consolo é ficar com o futebol doméstico, cuja designação dos favoritos é apontada muito mais por disparidade econômica do que por eficiência.

Título? Ambição? Participar de final? Primeiro vamos pensar em profissionalismo e planejamento no futebol local. Depois que venham as cobranças.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *