Doutor Hélio fala, não explica nada e deixa algo no ar…

0
8

Após quase dois anos de silêncio, o prefeito cassado de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, concedeu entrevista ao Correio Popular de domingo. Uma conversa dura bem conduzida pelo jornalista Guilherme Bush e com objetivo de lançar luz sobre a pessoa que protagonizou o maior escandalo político da história da cidade.

Que decidiu partir ao ataque. Montou um blog, prometeu manter-se ativo na política e que acredita em sua inocência. Detalhe: Hélio não apresentou durante a conversa nenhum dado relevante que faça contraponto ao que foi apresentado pelo Ministério Público. Por tudo que já foi apresentado, penso que Hélio e todos aqueles envolvidos no escândalo da Sanasa devem ser punidos. Exemplarmente. O modo e o tempo é a Justiça que irá decidir.Em resumo, não passa de choro de perdedor.

Agora, o fato de ser um político encontrar-se sob suspeita não quer dizer que todas as suas palavras devem ser jogadas no lixo.
Hélio insinua um assunto espinhoso: a ausência de critérios na apuração de denúncias. Hélio deixa no ar que o PSDB e seus aliados, em nível estadual, quase não são incomodados, apesar de atitudes controversas tomadas, por exemplo, pela Sabesp. Nesse aspecto, os fatos até colaboram com o prefeito cassado. Desde que Mário Covas assumiu o governo do Estádo, em 1995, quantas denúncias tivemos por parte do Ministério Público e que envolvem governantes aliados do PSDB? Por que a Assembléia Legislativa até hoje autorizou poucas CPI´s  para investigar medidas tomadas pelo governo Estadual? Nesse período, será que nenhum prefeito do PSDB ou integrante do governo estadual cometeu ato ilicito? Não é estranho? Existe discriminação partidária? É apenas coincidência?

Este singelo site é a favor da total moralização da política. Que deve atingir todos os partidos. Não são apenas os corruptos do PT que devem ficar atrás das grades, mas de toda e qualquer filiação partidária e ideológica. Por que o mesmo estardalhaço (justo!) é feito quando alguém do PT ou seus aliados são pegos com a boca na botija e o mesmo praticamente não ocorre no outro espectro ideológico?

Digo, reafirmo e repito: Hélio não mostrou nada novo e sua entrevista apenas reforça as convicções sobre sua culpabilidade. Mas que essa balança precisa ser pesquisada e calibrada, caso seja necessário, disso não tenho dúvida.

SHARE
Previous articleJonas Donizete, a cara de Campinas!
Next articleInterior redescobre o Paulistão…E a fórmula do campeonato ainda não é a ideal…
Elias Aredes Junior é jornalista, radicado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Trabalha como repórter esportivo para o Jornal Todo Dia de Americana e também como comentarista esportivo para a Radio Central AM de Campinas, 870 KHz. Diariamente participa dos comentários na programação esportiva entre as 18:00 e 20:00, além de comentar jogos de futebol nas transmissões ao vivo da emissora. Aqui ele fala sobre tudo, futebol, esporte, política, religião, entretenimento, cultura, culinária, tudo isso sempre com seu olhar crítico e independente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here