Do que adianta trocar o técnico se muitos jogadores não têm amor pelo Brasil?

0
9

A Seleção Brasileira irá trocar o seu técnico e a esperança é que dias melhores aparecerão no horizonte. O torcedor brasileiro deseja um técnico estudioso e que seja mais simpático a opinião pública. Só que nada disso vai resolver sem uma mudança de atitude dos jogadores.

Neymar utiliza as redes sociais para defender os seus companheiros do fiasco da Copa América é a ponta do iceberg. Perceba: sempre tivemos jogadores com carreira forjada no exterior. Um detalhe fazia a diferença: o período de férias era dedicado a “matar a saudade” do país e sustentar os vínculos.

Edmundo brigou com a direção da Fiorentina para desfrutar do carnaval carioca. Romário sagrou-se campeão do mundo e não pensou duas vezes para largar tudo e defender o Flamengo em 1995, no auge da carreira.

Amoroso, consagrado no Borussia Dortmund e na Udinese também não teve pudor em fazer o caminho da volta e sagrar-se campeão mundial pelo São Paulo.

E hoje? A imagem definitiva é Neymar utilizar as suas férias para festas em diversas partes do mundo. Sim, existem exceções como o atacante Douglas Costa, que desfruta seu descanso em Porto Alegre (RS). Mas é um passaro isolado em uma ilha de futilidade.

Não falta talento e habilidade a atual geração do futebol brasileiro. Falta é amor pelo Brasil. Não é o técnico que vai resolver.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here