Dilma-PT x Cunha-PSDB e a louca cavalgada na busca de um cadáver

2
21

Tenho que voltar ao tema. Porque parece que as pessoas desprezam o cenário. Perderam a noção do perigo. A cada dia que passa, independente dos resultados manifestações de hoje a favor de Dilma Roussef, sinto cada vez mais próximo um cenário de confronto aberto no país. Pessoas feridas e mortas por causa da política. Petistas com agressões físicas após serem atacados por partidários da queda de Dilma Roussef. Conservadores de punho na mão.

Pior: Brasília, a capital distante de tudo e de todos não percebe o clima bélico. Ninguém percebe: Dilma Roussef, deputados, senadores, juízes do Supremo Tribunal Federal, ninguém. O que vemos dia após dia são fatos que colaboram para a radicalização. Todos cuidam do interesse próprio e não percebem o incêndio que provocam.

O quadro chegou a tal ponto que matérias em portais de internet recomendam que não se discuta política nas festas de final de ano. Por que? Primeiro porque os petistas estão acuados. Deveríamos conversar com pessoas de ideologias diferentes? Sim, seria o certo. Mas não dá. Os xingamentos e insultos são cada vez mais constantes. Ouso dizer: nem a época da queda de Fernando Collor verificou-se algo parecido.

Nas manifestações de domingo, adolescentes foram agredidos e skatistas negros indicados como terroristas…O que precisa acontecer para dar um basta? Dilma cair? Vai piorar. Nunca é demais lembrar: o PT tem uma liderança incontestável, Lula, mas os seus militantes, mesmo que desanimados nutrem uma relação diferente com o partido.

Alguns chegam a considerar o PT como a extensão de sua casa, ás vezes sua própria família, mesmo com todas as denúncias de corrupção registradas nos últimos. Ver o partido sendo catapultado do poder terá a sensação de como se tivesse sido apunhalado pelas costas. Como vão reagir se a queda virar realidade? Imprevisível.

A cada dia que passa não tenho receio em afirmar: mais do que derrubar a atual ocupante do Palácio do Planalto, o que todos parecem procurar é um cadáver para deixar o país no limite da insanidade. Que Deus nos ajude.

2 COMMENTS

  1. Fruto de um árduo trabalho e patrocínio da mídia conservadora, incluindo o único “jornal” (?) de Campinas, os dois que carregam o nome de SP e das revistas falidas… A velocidade com que as infos chegam, proporcionado pelo mundo digital proliferam ainda mais rapidamente o ódio. Tudo isso ainda não seria o suficiente, se não fosse o pior dos problemas: a falta de capacidade de discernimento da classe média brasileira, e de não conseguir se desvencilhar do parcialismo oferecido diuturnamente pelos falsos reporteres opinativos com suas meias verdades e quando não poucas vezes, da desfaçatez das calúnias de Constantinos, Reinaldos, Mervais, Leitaos, Sarderbergs, o apresentador do Roda viva (recuso a falar nome de cretinos) e etc….

  2. Desde Jesus, que a turba faz escolhas ruins e só se acalma com a morte e o sangue! Mesmo Maratma Gandhi após unificar a Índia, teve que sofre a separação do Paquistão, pois tem coisas e pessoas que não admitem se misturar. Como água e óleo…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here