Brasil usa técnica e habilidade e goleia Paraguai pelas eliminatórias da Copa-18. Confira as notas

0
83

A Seleção Brasileira enfrentou dificuldades para impor o seu futebol. Mas com o passar do tempo a categoria prevaleceu. Confira as notas da vitória por 3 a 0 sobre o Paraguai, em jogo realizado na Arena Itaquera nesta terça-feira (28):

BRASIL

Alisson- Não foi acionado. 6,0

Fagner- Correto e sem sustos. 5,5

Marquinhos- Teve dificuldades em jogadas de mano a mano. 5,5

Miranda- Outro que teve obstáculos para impor sua técnica. 6,0

Marcelo- Tímido, mas importante na marcação e ainda teve espaço para fazer o terceiro. 6,0

Casemiro- Destemido e com disposição para jogar para o time. Ajudou no terceiro gol. 7,0

Paulinho- Encarou uma marcação ferrenha. Respondeu com movimentaçãoe passes precisos em dois gols. 8,0

Renato Augusto- No segundo tempo recuou quase como volante. Mas não brilhou. 5,0

Philippe Coutinho- Boa movimentação e um golaço. 7,5

Neymar- Um gol  e um pênalti perdido. Sobra na turma. 8,5

Roberto Firmino- Teve dificuldade para buscar espaços. 5,0

Thiago Silva- Deu mais velocidade na saída de bola. 6,0

Diego Souza- Entrou no final. Sem nota

William- Entrou no final. Sem nota

Técnico: Tite- Hoje foi exigido. Enfrentou uma forte marcação e conseguiu se desvencilhar. Mas fica a lição. 7,5

 

PARAGUAI

Anthony Silva- Boas defesas. 7,0

Darío Verón- Marcou com vigor. 6,0

Bruno Valdez- Violento em alguns lances. 4,5

Paulo Da Silva- Outro que utilizou a violência como trunfo. 4,0

Junior Alonso – Ficou atrás e com preocupação de impedir a seleção brasileira de jogar. 4,0

Rodrigo Rojas- Tentou algumas incursões no ataque, sem sucesso. E violento em várias jogadas. 5,5

Cristian Riveros- “Participação” no segundo gol brasileiro e passes laterais. 4,5

Hernan Peres- O mais lúcido. Tentou criar alguma coisa, mas cometeu suas faltas violentas. 6,0

Miguel Almirón- Não conseguiu criar, apesar da disposição de marcação. 5,0

Cecilio Domínguez- Boa movimentação. 6,0

Darío Gonçalvez- Outro que atormentou. 6,0

Santander- Atormentou na bola áerea. Só. 5,0

Oscar Romero- Não fez diferença. 4,5

Angel Romero- Outro que decepcionou. 4,0

Técnico: Francisco Arce- Armou bom sistema defensivo apesar das limitações do time que têm em mãos. 6,0

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here