Atlético Mineiro quer formar uma máquina de bola. Vai dar certo?

0
27

Sem ganhar um Campeonato Brasileiro desde 1971, o Atlético Mineiro decidiu dar uma cartada ousada pela quebra do jejum. Acertou a contratação do centroavante Fred para substituir Lucas Pratto, prestes a desembarcar e entrar no futebol Chinês.

Em contrapartida, o presidente atleticano Daniel Nepomuceno faz incursões para trazer Alexandre Pato. Não ignorar a já presença de Robinho, com mais baixos do que altos com a camisa do Galo Mineiro.

Marcelo Oliveira parece ser o técnico talhado para administrar a constelação de estrelas. É acessível, bom de diálogo, tem bom comando do grupo e na sua época de Cruzeiro teve que lidar com personalidades dificeis como Dagoberto e Borges. Foi bicampeão brasileiro com sobras.

O torcedor do Atlético Mineiro, por sua vez, deve conscientizar-se que hoje as chances de sucesso são relevantes. Se a comissão técnica for desmanchada e outro perfil for priorizado, tudo volta a estaca zero.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here