A Record vai à guerra

0
16
Globo, Veja, SBT e Estadão possuem agora um adversário poderoso e cujo poder de financiamento é infinito

É fato que a eleição de Dilma Roussef trouxe novos elementos para o quadro da imprensa brasileira. Em outros tempos, a atitude oposicionista dos meios de comunicação poderia até afetar o resultado nas urnas. Não foi o que aconteceu. Os tempos são outros, o eleitor reflete e decide com base naquilo que ouve, assiste e principalmente com que vive no seu dia a dia. Nós, singelos jornalistas, podemos apenas, no máximo, proferir nossa opinião sobre determinado cenário. Definir os rumos? Ficou difícil.

Tal poder sempre ficou a cargo da Rede Globo. Lógico, sua capilaridade de afiliadas e o aparato técnico do jornalismo e das novelas ainda fazem a diferença. Mas há movimentos para tentar o enfrentamento.

Poderia passar como nota de pé de página, mas a contratação de Heródoto Barbeiro para conduzir o canal de noticias Record News e auxiliar na implantação da rádio de nome similar tem significado muito maior. É a ponta de lança para os meios eletrônicos não sejam submetidos a uma única voz. Band, Rede TV e de certa forma até o SBT mostram em seus currículos tentativas tímidas de reverter a situação. Possuem jornalistas gabaritados, fazem boas reportagens e abrem espaço a vozes discordantes. Por que não alcançam a mesma repercussão da Globo? Ser líder disparada de audiência é parte da explicação. Existe também a questão técnica e de disponibilidade de recursos.

 A Rádio CBN, por exemplo, tem a vantagem de ostentar rede em todo o Brasil, algo também construído pela Jovem Pan. Com uma diferença: a Pan ainda tem uma linguagem paulista enquanto a CBN uniformizou a linguagem. É uma emissora de rádio com enfoque nacional. E Heródoto Barbeiro era peça estratégica no cenário. Ao ser escalado para implantar a Record News pode dar inicio a uma batalha de audiciencia que começará no rádio e terminará em alguns anos na televisão. Foi uma jogada ousada. Veremos se dará certo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here